Costa do Sol,

terça-feira, junho 15, 2021
spot_img

Leia a nossa última edição #35

Macaé C&VB se reúne com prefeito Welberth para debater medidas restritivas

Mais lidas

- Advertisement -

A presidente do Macaé Convention & Visitors Bureau se reuniu, nesta segunda (05), com o prefeito de Macaé Welberth Rezende e com a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda da cidade. O encontro, que aconteceu de forma virtual, ocorreu no mesmo dia em que manifestantes pediam a reabertura do comércio no município.

LEIA MAIS:Grupo faz manifestação na porta da Prefeitura de Macaé contra medidas restritivas

Durante a reunião, que durou quase quatro horas, foram debatidos assuntos como um possível auxílio ao comércio, maior previsibilidade das medidas e as restrições impostas aos restaurantes e hotéis. Os pontos serão analisados pelas equipes da Prefeitura. Uma possível flexibilização nas medidas restritivas também foi debatida.

“Segundo nosso prefeito, o volume de procura nos pronto atendimentos caíram, e se hoje e amanhã essa queda continuar, na quarta ele trará boas notícias. Seguimos aguardando”, pontuou a presidente do Macaé C&VB, Isabel Tunãs.

De acordo com a Prefeitura de Macaé, houve queda de 43% nos atendimentos do Centro de Triagem do Paciente com Coronavírus (CTC) entre 01/04 e 04/04. “Os dados do CTC mostram que o número de novos casos da Covid-19 está diminuindo. E isso representa o resultado dos nossos esforços em reduzir o contágio através das restrições”, acredita o prefeito Welberth.

“De acordo com esses novos resultados, na quarta-feira vamos reavaliar as medidas de restrição e traçar um plano de flexibilização do comércio, com avaliação técnica”, destacou o prefeito, afirmando que tanto a última segunda (05), quanto esta terça (06), são dias cruciais para se determinar uma flexibilização nas medidas restritivas.

“A nossa perspectiva é positiva. Porém, o cenário ainda é de muitos óbitos e de alta na taxa de ocupação de leitos. Por isso, não foram medidos esforços em atuar na causa, adotando medidas de restrição, agindo também na consequência, que é reforçar a assistência aos pacientes graves da Covid-19”, concluiu Welberth.

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas noticias

- Advertisement -