Costa do Sol,

sexta-feira, agosto 19, 2022
spot_img

Leia a nossa última edição #08

spot_img

Macaé no top-5 da queda de raios em 2021

Mais lidas

- Advertisement -

Macaé “eletrizada”. E não estamos falando da cidade estar se transformando na “Capital Nacional da Energia”, mas sim da queda de raios no município. Mais de seis mil ocorrências desse tipo foram registradas durante todo o ano de 2021.

De acordo com o Sistema de Monitoramento e Alerta da Enel Distribuição Rio, foram 6.176 raios nuvem-solo – aqueles que atingem o chão – em Macaé entre janeiro e dezembro de 2021. A cidade só ficou atrás de Cachoeiras de Macacu, com 8.766 raios, Silva Jardim (8.199), Campos dos Goytacazes (7.354) e Resende (6.797).

Em 2022, de acordo com o Climatempo (empresa parceira da Enel no Sistema de Monitoramento e Alerta), janeiro foi um mês chuvoso na Região Sudeste do Brasil. O instituto divulgou que Macaé e teve um volume maior de chuvas em janeiro, chegando a superar a média histórica dos últimos 30 anos – quando comparado com o mesmo período dos anos anteriores.

Os raios que atingiram a área de concessão da Enel Distribuição Rio também tiveram um aumento de 18%, em relação ao mesmo período do ano passado. Entretanto, não foi divulgado o número de casos registrados neste ano.

O que fazer em caso de tempestade – Se você estiver em casa, a Enel recomenda evitar o uso do celular, secador de cabelo, ferro elétrico e outros aparelhos conectados à tomada. Também é recomendado uso de chuveiro ou torneira elétrica, bem como a realização de consertos de instalações elétricas. Se possível, permaneça dentro de casa enquanto a tempestade durar.

Se você não estiver em casa, evite contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas. Evite, também, locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.

- Advertisement -

Últimas noticias

- Advertisement -