Costa do Sol,

terça-feira, agosto 16, 2022
spot_img

Leia a nossa última edição #08

spot_img

Morre, vítima da Covid-19, o empresário João Francisco Gomes, em Campos

Mais lidas

- Advertisement -

Morreu nesta terça-feira (17/8) o reconhecido empresário de Campos dos Goytacazes, João Francisco Gomes, aos 94 anos vítima da Covid-19.

Ele estava internado no Hospital Dr. Beda desde a manhã de segunda-feira (16), após uma piora do seu quadro durante a madrugada, depois de cerca de 10 dias do diagnóstico da doença.

João Gomes era o proprietário da pedreira Itereré, principal no setor em Campos e região. Ele deixa 12 filhos, 19 netos e seis bisnetos.

“Um homem grandioso, forte e atemporal. Esse é o meu avô, que usava whatsapp aos 93 anos de idade, ou o melhor, trabalhava aos 93 anos com sorriso no rosto. Era o primeiro a chegar. Não tem exemplo maior de sabedoria empreendedorismo, força, e me faltaria tempo para descrever tudo que faz o Seu João ser o Seu João Francisco Gomes. Insubstituível. Muita gente se sente honrado apenas por conhecer sua história, eu me sinto honrado por ter convivido ao seu lado até aqui. É um dos maiores privilégios e das maiores lições. Do lado de cá, resta a saudade e a certeza de que a sua missão foi cumprida com muito, muito louvor. A uma das maiores pessoas que eu tive o prazer de conhecer, meu muito obrigado por tudo que fez. Te amo vô, um dia estaremos juntos de novo”, homenageou o bisneto João Marcelo Gomes Carvalho de Abreu, que atualmente mora em Portugal.

O sepultamento acontece nesta quarta-feira (18), no cemitério Campo da Paz, com horário ainda a ser definido.

“Senhor João Francisco foi um ícone para a cidade de Campos como empreendedor, pai de família, sempre inovando e a frente do seu tempo. Foi um exemplo de homem para quem teve o privilégio de conviver com ele como eu tive. Seus ensinamentos levarei comigo para o resto de minha vida, isso sem falar nos conselhos de um homem sábio. Descanse em paz Seu João e que esteja nos braços do Grande Arquiteto do Universo”, disse Guilherme Abreu que é pai de João Marcelo e sócio do jornal ErreJota Costa do Sol.

O prefeito da cidade, Wladimir Garotinho, também lamentou a perda.

“O empresário João Francisco Gomes dedicou sua vida ao trabalho e deixa um legado de dedicação e comprometimento com a nossa cidade. À frente da pedreira Itereré, conquistou respeito e admiração pela forma dinâmica de conduzir a sua empresa, com atuação destacada em seu ramo de atividade. Meus sentimentos à família”, declarou o prefeito.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Campos também comentou a partida de João Francisco Gomes.

“É com muita tristeza que recebemos a notícia do falecimento do empresário João Francisco Gomes. Mais um brasileiro que perde a luta para a Covid-19. Um campista empreendedor, lutador e guerreiro, que fundou a pedreira Itereré, gerando dezenas de empregos. A sociedade campista perde um grande homem — destacou Leonardo Castro de Abreu.

Diversos empresários, políticos, fornecedores e amigos também lamentaram o falecimento do empresário João Francisco Gomes.

A Câmara de Vereadores de Campos aprovou uma Moção de Pesar pelo falecimento do empresário João Francisco Gomes. O pedido partiu do vereador Dandinho do Rio Preto que carrega o nome da localidade onde Gomes contribuiu para o desenvolvimento ao longo da vida.

João Francisco Gomes era o proprietário e gestor da pedreira Itereré, fundada em 1959 e que se tornou líder no setor na região. Em 2009, ganhou a Medalha do Construtor Regional da Firjan.

Fica a homenagem do jornal ErreJota Costa do Sol ao grande visionário João Francisco Gomes.

Com informações da Folha da Manhã.

- Advertisement -

Últimas noticias

- Advertisement -