Costa do Sol,

quinta-feira, agosto 11, 2022
spot_img

Leia a nossa última edição #08

spot_img

Secretário de Desenvolvimento Econômico visita Petrobras em Macaé

Mais lidas

- Advertisement -

O secretário de Desenvolvimento Econômico Vinicius Farah visitou, nesta terça-feira (3), a Unidade de Negócios da Petrobras na Bacia de Campos (UN-BC), em Macaé, no Norte Fluminense.

No encontro, foram apresentados o plano de renovação da Bacia de Campos, que, atualmente, responde por 26% da produção total da Petrobras.  Com projetos de revitalização de reservatórios maduros de petróleo, novas áreas adquiridas e otimização de portfólio (através de desinvestimentos e parcerias), a Petrobras espera retornar ao patamar de 1 milhão de barris produzidos em 2025. 


“A Petrobras ainda tem grande apetite pela Bacia de Campos. Entre 2010 e 2020, foram US$ 53 bilhões em investimentos. E é preciso lembrar que foi a experiência e os desenvolvimentos na Bacia de Campos que permitiram a Petrobras chegar ao pré-sal”, lembrou o secretário.


“E, principalmente, a operação na região é responsável pela geração de 45 mil empregos diretos e indiretos”, destacou Farah, que visitou ainda o Centro de Controle Operacional da Bacia de Campos, instalação que monitora toda a atividade da Petrobras na região, da produção de petróleo nas plataformas à movimentação dos barcos de apoio.

Como parte da agenda da secretaria de Desenvolvimento Econômico no Norte Fluminense, o secretário Vinicius Farah se reuniu também, nesta terça-feira (3), com representantes da prefeitura de Macaé e representantes da termelétrica Marlim Azul.


Participaram do encontro, Fabiano Crespo, CEO do grupo Vale Azul, responsável pela construção da termelétrica Marlim Azul, o conselheiro da AGENERSA, Vladimir Paschoal, os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Vianna, de Políticas Energéticas, Juninho Luna, de Trabalho e Renda, Cristiano Gelinho e o vereador Luciano Diniz.


No encontro foram apresentados os projetos das Rotas de Escoamento de Gás Natural 4c e 5b, de Usinas Termelétricas (UTE) e o projeto do Terminal Portuário de Macaé (TEPOR), que será construído no município para atender às demandas logísticas do setor de óleo & gás.


A Prefeitura de Macaé aproveitou a ocasião para propor ações estratégicas com a secretaria de Desenvolvimento Econômico, visando atrair mais empresas interessadas em se implantar em Macaé e região, para usufruírem das oportunidades logísticas, de abastecimento e de oferta de matéria prima que serão possíveis com a maior oferta de gás.


Dentre as propostas apresentadas ao secretário Vinicius Farah, a isenção de ICMS da geração térmica quando a energia é comercializada para as distribuidoras do Estado, e legislações de incentivo ao investimento em projetos estruturantes no Estado, como portos, unidades de processamento de gás natural.

“Macaé já é o principal polo de apoio à produção de petróleo e gás do Brasil. E o projeto Tepor é uma prioridade para o governador Claudio Castro e para o Governo do Rio de Janeiro”, afirmou Farah, que visita, nesta quarta-feira (4/8), o Porto do Açu, e acompanha, durante toda a semana, o governador Claudio Castro, que cumpre a agenda do Governo Presente na região Norte Fluminense.

- Advertisement -

Últimas noticias

- Advertisement -