Costa do Sol,

quinta-feira, agosto 18, 2022
spot_img

Leia a nossa última edição #08

spot_img

Turismo: Cabo Frio Convention e Visitors Bureau elege diretoria

Mais lidas

- Advertisement -

Maria Inês Oliveros foi reeleita, por unanimidade, para a presidência do Cabo Frio Convention & Visitors Bureau em assembleia realizada nesta segunda-feira (14/6).

Com apoio de 160 empresários da cidade, Maria Inês e o vice, José Henrique Moraes da Silva, ocuparão os cargos até dezembro de 2024.

A eleição foi mediada pelo presidente da Federação dos Conventions Bureau do Estado do Rio, Marco Navega, que também preside o Conselho de Desenvolvimento do Turismo da Costa do Sol (Condetur).

Durante a cerimônia, além do novo Conselho Diretor, também tomaram posse os integrantes das coordenadorias de Gastronomia, Serviços Turísticos, Captação de Cruzeiros Marítimos, Destination Wedding, Transportes Turísticos e Meios de Hospedagem.

A eleição contou com a presença do prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, e dos secretários Carlos Cunha (Turismo), Cristiana Calvet (Obras e Serviços Públicos) e Mário Flávio Moreira (Adjunto Meio Ambiente), além dos assessores Gustavo Beranger (Especial) e Paulo César Alves (Licenciamento e Fiscalização de Postura).

“Somos uma entidade empresarial muito forte e atuante e a chegada dos mais novos vai injetar ainda mais disposição e energia para lutarmos por uma Cabo Frio melhor, com turismo de qualidade e ordenado”.

Parceria foi a palavra usada pelo prefeito José Bonifácio.

“Queremos trabalhar junto com a iniciativa privada em todas as frentes – nos eventos, nos equipamentos turísticos e nos espaços públicos. Nosso secretariado está aberto para ouvir e trocar ideias e sugestões com o empresariado”, afirmou o prefeito.

Lei Municipal do Turismo

Durante a cerimônia, Marco Navega sugeriu ao prefeito José Bonifácio que encaminhe à Câmara Municipal um projeto de lei para instituir a Lei Municipal do Turismo, com base na Lei Geral do Turismo.

O objetivo é dar respaldo legal a uma série de iniciativas do município para ordenar o turismo, como estabelecer a capacidade de carga de alguns destinos e estipular o número de ônibus de turismo e vans que a cidade pode receber.

“Com uma lei própria, o município passa a ter maior poder de fiscalização”. A FCVBRJ vai se reunir com o prefeito e secretários para ajudar na elaboração da lei, informou Navega, lembrando que Cabo Frio, assim como Búzios e Macaé, está na categoria A do turismo brasileiro.

- Advertisement -

Últimas noticias

- Advertisement -