Costa do Sol,

quinta-feira, agosto 18, 2022
spot_img

Leia a nossa última edição #08

spot_img

Programa Mesa Brasil Sesc estará em Macaé e Rio das Ostras

Mais lidas

- Advertisement -

Rio das Ostras e Macaé recebem no próximo dia 08 de junho o programa de segurança alimentar e nutricional Mesa Brasil Sesc RJ que distribui toneladas de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social. A ação conta com o apoio dos sindicatos varejistas locais.

Os alimentos integram um total de 50 toneladas que serão doadas em 22 municípios do estado, beneficiando cerca de 26 mil pessoas.

O conteúdo são cestas de hortifrutigranjeiros (frutas, verduras e legumes) oriundos de propriedades rurais que integram o Mesa no Campo. Por meio do projeto, produtores fornecem seus excedentes – alimentos em perfeito estado e com alto valor nutritivo, mas pouco aproveitamento comercial – ao Mesa Brasil Sesc RJ.

O programa, por sua vez, os repassa para entidades socioassistenciais que fazem a distribuição ao público final.

A ação integra a campanha Rio de Mãos Dadas, conjunto de iniciativas do Sistema Fecomércio RJ (Sesc RJ e Senac RJ) que visam a envolver as pessoas em um clima de positividade e esperança em 2021.

“Essa agenda de distribuição de alimentos tem como objetivo fazer frente ao cenário que estamos vivendo nesses primeiros meses do ano. Além da queda nas doações recebidas por ONGs e outras entidades, há um crescimento no número de pessoas que perderam suas fontes de renda por conta do recrudescimento da pandemia da Covid-19 e as medidas restritivas adotadas para conter a propagação do vírus”, diz o presidente do Sistema Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior.

Saiba mais sobre o Mesa Brasil Sesc RJ – O Mesa Brasil Sesc RJ atua no combate à fome e ao desperdício, recolhendo doações de alimentos não perecíveis e in natura de empresas e organizações e os distribuindo a instituições sociais cadastradas, como creches, abrigos, asilos, etc.

Além disso, orienta os cozinheiros dessas entidades a aproveitarem integralmente os alimentos, utilizando de forma criativa e saborosa partes que tradicionalmente são descartadas. O programa atua ainda em situações de calamidade, como desastres naturais. Só em 2020, o programa distribuiu 2,1 mil toneladas em 49 municípios do estado.

- Advertisement -

Últimas noticias

- Advertisement -