Costa do Sol,

quinta-feira, agosto 18, 2022
spot_img

Leia a nossa última edição #08

spot_img

Macaé já vacinou mais de 30 mil pessoas contra a Covid-19

Mais lidas

- Advertisement -

Ao cumprir nesta semana a primeira etapa de imunização dos idosos de 62 anos, Macaé atinge a marca de 30,6 mil pessoas vacinadas com a primeira dose das vacinas Coronavac e Oxford/AstraZeneca. O município aguarda do governo do Estado a entrega de uma nova remessa de imunizantes, para cumprir o calendário de vacinação do público de 61 e 60 anos e novas categorias de profissionais da Saúde.

No geral, Macaé já garantiu a vacinação de 11,7% do total da população. Até essa sexta-feira (23), cerca de 16 mil pessoas completaram as duas etapas de imunização, respeitando os prazos de reforço previstos por cada um dos fabricantes. Os dados estão disponíveis no sistema Vacina Macaé que pode ser acessado através do portal oficial da prefeitura.

“A vacinação em Macaé ocorre com base nos critérios do Plano Nacional de Imunização (PNI), acompanhando também o perfil da pandemia na cidade. Esses resultados também estão relacionados aos esforços de toda a nossa equipe que é incansável na atuação em todas as etapas e processos de enfrentamento a COVID-19”, destaca a secretária municipal de Saúde, Liciane Furtado.

Através das campanhas de vacinação em postos fixos, drive-thru e equipes volante, coordenadas pela Secretaria Municipal de Saúde, o município já vacinou idosos e pessoas com deficiência institucionalizados, e cumpre agora etapas de imunização dos profissionais da Saúde, agentes que atuam no enfrentamento à pandemia e grupo de idosos priorizados pelo PNI.

“Chegamos a uma nova etapa na vacinação e estamos planejando uma logística nova, com a capacidade necessária para atender a um público maior de pessoas. No entanto, é preciso sempre destacar que a campanha acontece de acordo com a disponibilidade de doses de vacinas entregues pelo governo do Estado”, afirmou o secretário adjunto de Atenção Básica, Luiz Carlos Braga.

A Saúde já organiza a vacinação do grupo de Comorbidades que será programada por faixa etária, seguindo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. A definição do novo calendário também depende de uma nova remessa de doses de vacinas, ainda não prevista pelo governo do Estado.

Segunda dose garantida

Além das campanhas de vacinação, Macaé mantém na Casa da Vacina doses em estoque para atender pessoas dos públicos já contemplados em dias específicos.

Através do controle rigoroso dos imunizantes armazenados, a Saúde assegura também a aplicação da segunda dose aos públicos imunizados, seguindo os prazos previstos pelos fabricantes.

“A organização e controle do estoque garante a continuidade da vacinação em segunda dose, dentro dos prazos previstos. A população deve ficar atenta aos dias de reforço já indicados no momento em que ocorre a vacinação em primeira dose”, alerta a gerente de Vigilância em Saúde, Elenice Sales

- Advertisement -

Últimas noticias

- Advertisement -