Costa do Sol,

quinta-feira, agosto 18, 2022
spot_img

Leia a nossa última edição #08

spot_img

Prefeito de Macaé quer término da duplicação da BR-101

Mais lidas

- Advertisement -

O prefeito de Macaé, Welberth Rezende, se reuniu virtualmente, na última segunda (19), com o Secretário Estadual de Transportes, Delmo Pinho, o deputado federal Christino Áureo (PSD) e representantes da Arteris Fluminense para tratar da BR-101, rodovia que corta Macaé. Durante o encontro, foi debatido o término das obras de duplicação da rodovia.

“Como representante de Macaé estou cobrando o término das obras de duplicação da BR-101 e vamos levar esse pleito ate o Governo Federal. A BR-101 é estratégica para o desenvolvimento de nossa cidade. E lutarei com todas as minhas forças para que ela esteja funcionando em sua plenitude”, publicou o prefeito nas redes sociais.

Vale lembrar que a Arteris Fluminense, em 2020, iniciou processo de devolução da concessão do trecho que liga Niterói a Campos. O atual contrato assinado, cuja vigência iniciou em fevereiro de 2008, tem validade até 2033. Em caso de entrega da concessão, um novo processo pode levar, no mínimo, cinco anos.

“A nossa preocupação é que as obras na rodovia já eram pra estar bem mais avançadas, e em boa parte isso não ocorreu por um licenciamento ambiental muito complicado. A BR-101 é estratégica para o país, já que o petróleo brasileiro sai do Norte Fluminense. O impacto é nacional”, analisou Delmo Pinho, secretário de Estado de Transportes.

Na ocasião do pedido da devolução da concessão, o deputado Christino Áureo lembrou a importância da via para a cidade. “Esta rodovia é fundamental para todo nosso estado, especialmente para Macaé e toda a Região Norte Fluminense. Já sofremos muito com todo este atraso”, disse, ao citar o atraso nas obras de duplicação da via.

Em nota, a Arteris afirmou que “seguirá prestando todos os serviços de atendimento aos usuários da BR-101 até que sejam cumpridos todos os procedimentos previstos no processo de relicitação”.

O volume diário médio diário da rodovia é de 74 mil veículos, sendo 20% de veículos comerciais. Na região de Silva Jardim, Casimiro de Abreu e Macaé, o volume diário médio de tráfego é de 15 mil veículos.

- Advertisement -

Últimas noticias

- Advertisement -