Costa do Sol,

terça-feira, junho 15, 2021
spot_img

Leia a nossa última edição #35

Operação offshore continuará durante expansão do Aeroporto de Macaé

Mais lidas

- Advertisement -

Em entrevista ao ErreJota Costa do Sol, o gestor do Aeroporto de Macaé Fernando Castro garantiu que a operação offshore seguirá durante a obra de expansão do terminal e da pista, prevista para acontecer em 2022. Essa era uma preocupação de todos os envolvidos na cadeia do óleo e gás na cidade, já que o local é um dos mais utilizados para voos para plataformas.

Atualmente, saem do terminal cerca de 60 voos por dia, com uma média de 700 passageiros trafegando pelo terminal diariamente. Seis operadoras de taxi aéreo atuam no local. Há, ainda, voos comerciais no local, com a linha Macaé x Santos Dumont, atualmente suspensa por conta da pandemia do novo Coronavírus, mas com expectativa de retomada a partir de 09/05.

Foto: Ana Clara Menezes

“A gente adota uma estratégia de construção que permite a continuidade das operações. A gente tem como fazer alguns procedimentos de segurança, de ajustes na pista existente, que vai garantir a continuidade dos voos. Teria um impacto muito grande para a indústria caso tivesse que parar, bem como para o aeroporto”, explicou Fernando.

Segundo o gestor, a manutenção das operações é prioridade para o Aeroporto de Macaé. “A gente está em definição das estratégias utilizadas, estamos definindo os projetos, mas uma das prerrogativas que a gente tem é, obviamente, não ter impactos operacionais significativos para a região”, concluiu.

LEIA MAIS: Aeroporto de Macaé terá novo terminal; construção começa no próximo ano

Evandro Cunha, membro da Comissão Municipal e do Conselho Regional da Firjan, acredita que os investimentos da Zurich Airport Brasil no Aeroporto são importantes, mas a preocupação acerca de uma possível paralisação das operações offshore era latente.

“O investimento da Zurich no Aeroporto, que passará de R$ 160 milhões, é de grande importância, sobretudo nesse momento em que o setor de óleo e gás volta a crescer e Macaé volta a ter protagonismo. Por isso, parar as operações na cidade seria um desastre”, analisou. “Saber que a operação vai continuar é a certeza de que a cadeia do setor na cidade seguirá operando e Macaé continuará seguindo no caminho certo”, afirma.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Macaé, Olavo Pinheiro Junior, pontuou a importância das obras de expansão do Aeroporto, considerado um importante equipamento de desenvolvimento econômico da cidade.

“O projeto do novo terminal de passageiros do Aeroporto apresenta um novo perfil comercial ao destacar um conceito que atende a diferentes segmentos do setor varejista. Uma proposta interessante que representa também a expectativa de uma dinâmica econômica de Macaé mais forte, a partir dos próximos anos”, disse.

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas noticias

- Advertisement -